Vendas de veículos acumulam alta de 21,44% até julho | Fenabrave SC – Regional Fenabrave Santa Catarina

Vendas de veículos acumulam alta de 21,44% até julho

As vendas de veículos no estado catarinense, no acumulado de janeiro a julho, confirmaram as expectativas de recuperação do mercado. De acordo com os dados apurados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC), foram vendidos 102.129 veículos nos sete primeiros meses, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, o que representa alta de 21,44% com relação ao mesmo intervalo de 2017.

Apenas em julho, foram comercializadas 14.904 unidades, apontando crescimento de 6,61% na comparação com junho e 18,76% acima das vendas de idêntico mês do ano passado.

No segmento de automóveis e comerciais leves, a alta também foi expressiva, 18,65% perante o mesmo período acumulado de 2017, totalizando 71.507 unidades. Em julho, foram emplacadas 10.653 unidades, volume 7,83% superior ao de junho e 17,56% a mais do que os emplacamentos de julho de 2017.

Na avaliação do Presidente da Fenabrave-SC, Julio Schroeder, o mercado reagiu positivamente e segue no ritmo projetado pela entidade, contudo, o setor está em alerta. “O mês de julho foi bastante positivo frente ao mês de junho, reflexo da greve dos caminhoneiros. Esse aspecto, somado à queda na inadimplência e o aumento da oferta de crédito, estão impulsionando o nosso setor. Mas precisamos ficar em alerta por conta das incertezas no âmbito político nacional e o forte índice de desemprego”, comenta Julio Schroeder.

Em junho foram comercializadas 13.980 unidades de todos os setores contabilizados e em julho foram 14.904 unidades.

OUTROS SEGMENTOS
Segmento de motos também apontou significativo crescimento de 22,51% nas vendas de janeiro a julho, que somaram 18.346 unidades. Na comparação com junho, as 2.294 unidades comercializadas em julho representaram ritmo mais modesto 0,79%, mas 13,62% de avanço ante igual mês do ano passado.

O mercado de caminhões manteve o ritmo de crescimento, somando 3.811 unidades nos sete primeiros meses deste ano, registrando 62,93% de avanço sobre os mesmos meses de 2017. Em julho, o segmento somou 622 unidades, 4,89% acima das vendas de junho e 48,10% a mais do que um ano antes.

A frota circulante em Santa Catarina em julho contabilizou 4.941.631 veículos, sendo que a maioria é de automóveis, em um total de 2.830.557.

DESEMPENHO POR REGIÃO 
A Região da Grande Florianópolis apresentou acréscimo em três comparativos de vendas: os emplacamentos de janeiro a julho de 2018 aumentaram em 13,77% na comparação com o mesmo período do ano passado. No comparativo das vendas entre julho deste ano com julho do ano passado o acréscimo foi de 17,41. Na comparação entre julho e junho deste ano, o aumento foi de 4,28.

A Região Norte também cresceu em três comparativos: no acumulado deste ano quando comparado ao mesmo período de 2017 (22,18%), na comparação entre julho/2018 e julho/2017 (14,61) e na comparação entre julho e junho (5,75%).

A Região Oeste também apresentou acréscimo nas comparações: no acumulado do ano se comparado ao mesmo período do ano passado (23,47%), na comparação de julho/ 2018 e julho/ 2017 (27,81%). Já no comparativo de julho/2018 e junho/2018 o acréscimo foi de 9,47%.

A Região do Planalto Serrano cresceu em duas comparações: no acumulado do ano se comparado ao mesmo período do ano passado (14,38%), na comparação de julho/ 2018 e junho/ 2018 (1,64%), contudo, no comparativo de julho/2018 e julho/2017, a retração foi de 2,96%.

A Região Sul registrou aumento em três comparativos. O incremento nas vendas foi de 16,82% na comparação do acumulado deste ano com o do ano passado, aumento de 12,66% entre julho deste ano com julho do ano passado e aumento de 1,05% entre julho e junho deste ano.

A Região do Vale do Itajaí foi a região que mais cresceu no comparativo dos dois acumulados 2018/2017: o aumento foi de 29,42%. No comparativo entre julho deste ano com o mesmo mês do ano passado, o incremento foi de 24,33% e se comparado o mês de julho com junho deste ano, o acréscimo foi de 10,79%.

Veja mais em: www.fenabravesc.com.br/dados-de-mercado

Discussion — No responses