Santa Catarina registra queda de 19,47% nos emplacamentos durante o ano de 2016 | Fenabrave SC – Regional Fenabrave Santa Catarina

Santa Catarina registra queda de 19,47% nos emplacamentos durante o ano de 2016

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC), entidade que representa 650 concessionárias de veículos de todo o estado, divulga o desempenho do setor automotivo no mês de dezembro de 2016.

As vendas de dezembro de 2016 em relação as de dezembro de 2015, tiveram queda de 15,45%, conforme levantamento da Fenabrave-SC. No total, 14.956 unidades, entre automóveis, utilitários leves, caminhões, ônibus e motos, foram emplacadas em dezembro de 2016.

Se comparadas as vendas acumuladas de janeiro a dezembro de 2016 com as de janeiro e dezembro de 2015, tiveram queda de 19,47%.

Quanto ao segmento de motos em Santa Catarina, as vendas tiveram um crescimento de 1,55% em dezembro, em relação ao mês anterior.

A frota circulante em Santa Catarina soma, hoje, 4.693.407 veículos, sendo que a maioria é de automóveis, em um total de 2.699.170.

No segmento de automóveis e comerciais leves, houve crescimento de 27,77% nas vendas de dezembro, comparativamente a novembro deste ano. Segundo o levantamento da Fenabrave-SC, 11.361 automóveis e comerciais leves foram licenciados em dezembro de 2016.

Os números do Brasil também tiveram crescimento de 14,32% na comparação entre novembro e dezembro deste ano, porém houve queda no acumulado dos 12 meses de 2016 em relação ao mesmo período de 2015 de 20,29%.

 

De acordo com o presidente da Fenabrave-SC, Júlio Schroeder, e em linha com o que a Fenabrave Nacional comenta, apesar de os números terem sido positivos em dezembro, comportamento este que acontece costumeiramente nos últimos meses do ano, os dados acumulados do ano representaram expressiva queda, configurando este como o pior ano de vendas dos últimos 11 anos.

Concorreram para isto, fatores já comentados ao longo do ano passado, como a queda acentuada do PIB, incertezas geradas pela política, desemprego, baixo índice de confiança do consumidor e de investidores, entre outros”, argumentou Schroeder.

A previsão da nossa entidade é que em 2017 tenhamos um pequeno crescimento em todos os segmentos em torno de 3%.

 

Desempenho por região

Na Região da Grande Florianópolis o resultado também foi de crescimento no mês. Houve acréscimo de 21,43% em relação ao mês anterior, com 2,823 unidades em novembro contra 3.428 em dezembro. No acumulado do ano a queda foi de 16,51%.

Na Região Norte, os números cresceram 16,52% entre novembro e dezembro, num total de 2.448 em dezembro contra 2.101 em novembro. No acumulado do ano a queda chega a 20,12%.

A Região Oeste apresentou crescimento de 21,56% nas vendas ao comparar com o mês anterior, sendo 2.230 veículos emplacados em dezembro e 1.835 em novembro. No acumulado do ano a queda de 2016 em relação a 2015 foi de 21,90%.

Na Região do Vale do Itajaí foram emplacados 16,69% veículos a mais em dezembro do que em novembro, num total de 4.067 em dezembro contra 3.398 em novembro. No acumulado de 2016 em relação ao acumulado de 2015 houve queda de 18,12%.

A Região Sul registrou crescimento de 28,77% em dezembro se comparado a novembro, 2.184 contra 1.696. Houve também queda se comparado o acumulado de 2016 em relação a 2015 em 23,49%.

A Região do Planalto Serrano também registrou crescimento neste mês. Foi de 7,16% nas vendas em relação ao mês anterior. Foram emplacados 599 veículos em dezembro e 559 em novembro. No acumulado de 2016 em relação ao acumulado de 2015 houve queda de 17,94%.

Discussion — No responses