G1 – Notícia: Quadrilha rouba carros dentro de concessionárias no PR | Fenabrave SC – Regional Fenabrave Santa Catarina

G1 – Notícia: Quadrilha rouba carros dentro de concessionárias no PR

Criminosos se passam por clientes e levam carros sem que os funcionários percebam.

Algumas empresas não cobrem o prejuízo do cliente roubado.

 Uma quadrilha, no Paraná, descobriu o melhor lugar para roubar carros: direto da concessionária.

Os criminosos entram como se fossem clientes e levam os carros sem que os funcionários percebam nada. Depois ainda tem concessionária que não quer pagar o prejuízo para quem deixou o carro para revisão e ficou a pé.

O roubo foi flagrado pelas câmeras de segurança de uma concessionária de Curitiba. Em menos de três minutos, o ladrão entra na oficina, passa pelos mecânicos e leva um carro novinho.

Em outra concessionária, os bandidos renderam o vendedor, escolheram as motos que queriam e saíram pilotando. As imagens ajudaram a polícia a identificar e prender um dos três integrantes da quadrilha: Renan Vinicius de Oliveira, de apenas 19 anos. Segundo a polícia, além das motos, ele roubou duas camionetes em outra loja.

Os roubos, em concessionárias, estão mais comuns em Curitiba. Pelo menos um carro é roubado por semana. Só em uma rede de lojas foram seis. Dois deles nos últimos 30 dias. Eram carros que estavam prontos para serem entregues aos clientes. Todos zero quilômetro.

“O prejuízo é muito grande. Infelizmente, a gente tem esse tipo de comportamento de certas pessoas que entram com a maior falta de cerimônia, dentro do nosso local de trabalho, de nossa empresa, pegam o carro, se faz passar por um cliente, como se o carro fosse dele”, diz Carlos Brasil, diretor de concessionária

De acordo com a polícia, a maior dificuldade é identificar os bandidos. “Uma baixa qualidade das filmagens. Uma certa demora, não de todas, mas de algumas concessionárias em fornecer essas imagens para a polícia. Isso acaba dificultando”, afirma Cassiano Aufiero, delegado.

O carro de uma mulher, que prefere não se identificar, foi roubado dentro da oficina da concessionária Slaviero. O veículo tinha apenas 5 meses de uso. A dona reclama ainda que a empresa não assumiu a responsabilidade pelo roubo, não ressarciu o prejuízo, nem entregou as imagens das câmeras de segurança que poderiam ajudar nas investigações. Ela ainda teve de acionar a polícia e o seguro.

“Ah, eu senti um total descaso da empresa. Em nenhum momento eles estão preocupados comigo. Eles estão preocupados em resolver com a seguradora, para eles não terem mais problema”, reclama a mulher.

Para o Procon, neste tipo de roubo, a responsabilidade é de oficinas e concessionárias.

“A empresa é responsável pelo veículo, uma vez que o veículo foi deixado para conserto, para revisão, não importa. A empresa é responsável. Se houve esse problema, o consumidor tem que ser ressarcido de todos os prejuízos”, explica Claudia Silvano, coordenadora do Procon/PR.

A Companhia de Automóveis Slaviero disse que comunicou o roubo à polícia e à dona do carro, e que forneceu um veículo reserva para ela. Segundo a concessionária, foi a cliente que preferiu acionar a Justiça. A empresa não explicou por que não pagou pelo prejuízo dela.

Edição do dia 25/07/2014

25/07/2014 08h11 – Atualizado em 25/07/2014 08h11

Fonte: Globo.com

Discussion — No responses